De Olho nas Atualidades – 4ª Semana de Junho

4ª Semana de Junho

Olá, concurseiros! Estamos de volta com mais um “De Olho nas Atualidades” e hoje vamos falar das principais notícias da quarta e última semana de junho.

Vamos a elas:

Brasil

Política

De olho nas atualidades 9- O vice-presidente dos EUA, Milke Pence, está no Brasil e se encontrou com Michel Temer. Durante a reunião, Temer disse que o governo brasileiro está pronto para trazer de volta para o país as crianças brasileiras que foram separadas dos pais imigrantes nos EUA.

- Pela 3ª vez, a PF pediu mais tempo para concluir inquérito sobre o presidente Temer, suspeito de receber por propina para favorecer empresas com o decreto dos portos.

- Depois de ter sido sorteado o novo relator do caso no STF, o ministro Alexandre de Moraes decidiu negar o novo pedido de liberdade feito pela defesa do ex-presidente Lula. Moraes também rejeitou levar o habeas corpus à 2ª Turma. Os advogados de Lula queriam que o ex-presidente aguardasse o recurso em liberdade.

- Por 3 votos a 1, a Segunda Turma do STF decidiu soltar José Dirceu. O ex-ministro foi condenado a 30 de prisão na Lava Jato por corrupção, organização criminosa e lavagem de dinheiro e cumpre pena na Papuda.

Economia

De olho nas atualidades 9

- O dólar subiu quase 17% no primeiro semestre do ano. Na sexta-feira, a moeda fechou cotada a R$ 3,87. Incertezas sobre o cenário eleitoral de outubro, revisões das estimativas para o crescimento da economia, e a greve dos caminhoneiros influenciaram na alta.


Veto ao Poliamor

- O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu que cartórios não podem reconhecer como união estável as relações poliafetivas (de três ou mais pessoas). O pedido de providências foi proposto contra dois cartórios de comarcas paulistas que registraram uniões estáveis poliafetivas.

Imposto sindical

- Por 6 votos a 3, os ministros do Supremo decidiram que o pagamento do imposto sindical não é obrigatório. O fim da contribuição já valia com a nova lei trabalhista, mas ações de sindicatos questionavam medida.

Mundo

De olho nas atualidades 9- Uma greve geral começou na Argentina e causou transtornos para os passageiros de vários aeroportos no Brasil. A paralisação é contra a política econômica do presidente argentino Maurício Mari. Segundo os organizadores do protesto, 1 milhão de trabalhadores devem aderir à greve.

- O juiz federal Dana Sabraw, do Tribunal de San Diego, nos EUA, ordenou que o governo Trump reúna menores separados dos pais na fronteira em até 30 dias. Desde que os EUA colocaram em prática a polêmica estratégia de "tolerância zero" contra a imigração ilegal, o governo de Trump separou de seus pais 2.575 menores que atravessaram a fronteira do país com o México.

- O juiz da Suprema Corte americana, Anthony Kennedy, anunciou aposentadoria. Ele completa 82 anos em julho é o segundo mais velho na corte de nove membros. Kennedy foi importante no avanço dos direitos dos gays e reforçou o direito ao aborto. A decisão dá chance a Trump de consolidar conservadorismo no tribunal.

Essas foram as principais notícias da semana passada.

Bons estudos e até a semana que vem!   ;-)


Fonte: Dicas Concursos

Veja também

Deixe seu comentário