De Olho nas Atualidades - 5ª Semana de Maio

Olá, concurseiros! Já adentramos o mês de junho e o nosso conteúdo de atualidades da semana contempla a última semana de maio e o primeiro dia deste mês.

Vamos às notícias:

Brasil

Política

- O deputado Nelson Meurer se tornou o 1º réu da Lava Jato condenado pelo STF por corrupção e lavagem de dinheiro.

- O TRF-3, em São Paulo, derrubou decisão de um juiz de Campinas e manteve os benefícios de Lula como ex-presidente, voltando a ter motoristas e assessores.

- O ministro do STF Gilmar Mendes mandou soltar o ex-diretor da Dersa apontado como operador do PSDB. Ele foi preso pela segunda vez, suspeito de desvios.

- O ex-governador do RJ Sérgio Cabral foi condenado pela primeira vez em 2ª instância. Ele responde a 23 processos.

Greve dos Caminhoneiros – Breve resumo dos fatos

De Olho nas Atualidades 5

- O governo anunciou desconto de R$ 0,46 no diesel, mas ainda não conseguiu frear a greve dos caminhoneiros, tampouco explicar de onde sairá o dinheiro para cobrir a redução no preço do combustível, avaliando subir impostos (hipótese descartada no dia seguinte).

- Algumas entidades de caminhoneiros aceitaram as propostas, mas parte do movimento afirma que nem todas as reivindicações foram atendidas. Entretanto, o presidente de uma das associações afirmou que 'pessoas que querem derrubar o governo' impedem o fim da greve e disse que motoristas estão sendo ameaçados para não encerrarem os bloqueios.

- Nesse contexto, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou que os protestos que ainda permanecem nas rodovias ganharam caráter político.

-  Após a resposta do governo, os pontos de protestos nas rodovias caíram 68%, segundo a Polícia Rodoviária Federal.

- Pedro Parente renunciou à presidência da Petrobrás por não resistir à pressão para alterar a política de preços estatal, que desde julho do ano passado repassa aos combustíveis no Brasil as oscilações do dólar e do petróleo no exterior. Com a nova metodologia, os reajustes passaram a ser frequentes, até diários. Ivan Monteiro vai substitui-lo, sendo que Temer oficializou a mudança e disse que não haverá interferência na política de preços da Petrobras.

- Já está em vigor a redução de R$ 0,46 no valor do litro do óleo diesel nas refinarias. O preço não será reajustado por 60 dias e os postos que comprarem o combustível a partir do dia 1º de junho devem repassar o desconto ao consumidor.

- Balanço final: a paralisação durou 11 dias, bloqueou estradas, causou desabastecimento e prejuízo em vários setores. Caminhoneiros tiveram demandas atendidas, e o presidente da Petrobras, Pedro Parente, pediu demissão.

Economia

De Olho nas Atualidades 5- A reação do mercado às medidas do governo em relação à greve dos caminhoneiros já começaram a aparecer. As ações da Petrobras despencaram 14%, e a bolsa teve a maior queda em 1 ano. O dólar subiu, mas o Banco Central anunciou que vai manter intervenção para conter a alta.

- A economia brasileira cresceu 0,4%, mas está no patamar de 2011, de acordo com o PIB do 1º trimestre. A agropecuária cresceu 1,4% e o consumo das famílias manteve recuperação e avançou 0,5%. Entretanto, analistas pioram avaliação e já preveem PIB abaixo de 2% em 2018.

Mundo

- Donald Trump confirmou que se encontrará com o líder norte-coreano Kim Jong-un no dia 12 em Singapura. Lembrando que, na semana passada, ele havia cancelado o encontro por entender que o governo norte-coreano mantinha uma postura hostil em relação aos EUA.

De Olho nas Atualidades 5- Na Espanha, o parlamento derrubou Mariano Rajoy após 11 anos no poder e colocou no lugar o opositor Pedro Sánchez, do Partido Socialista. Rajoy vinha sendo pressionado pelos escândalos de corrupção envolvendo aliados do Partido Popular.

Pois bem, estes foram os acontecimentos que mais repercutiram na última semana de maio.

Bons estudos e até a semana que vem!

Fonte: Dicas Concursos

Veja também

Deixe seu comentário